Mococa, 21 de Setembro de 2017



Trabalhar à noite envelhece o cérebro

01521 Trabalhar à noite envelhece o cérebro
Trabalhar em horários “antissociais” pode envelhecer o cérebro prematuramente e diminuir a capacidade intelectual, de acordo com cientistas das universidades de Toulouse (França) e Swansea (País de Gales).

O estudo afirma que dez anos de jornadas de trabalho instáveis envelhecem o cérebro em mais de seis anos.
Na pesquisa, depois que as pessoas pararam de trabalhar em horários alternados, houve recuperação, mas o cérebro demorou cinco anos para voltar ao normal.

O relógio interno do corpo é projetado para que as pessoas estejam ativas durante o dia e durmam à noite. O novo estudo explora o impacto sobre a mente.

“Houve uma perda significativa na função cerebral. É provável que as pessoas cometam mais erros e deslizes ao tentar executar tarefas cognitivas complexas. Talvez uma em cem cometa erros com consequências importantes, mas é difícil medir a diferença que isso faz no dia a dia”, disse o pesquisador Philip Tucker.

Fonte: Agora SP

Comentários não permitidos.

Deixe um comentário