Mococa, 04 de Agosto de 2020



Justiça Tributária: a hora é agora!

IMG 20200604 WA0029 304x540 Justiça Tributária: a hora é agora!

Neste momento em que os debates sobre a reforma tributária avançam no Congresso Nacional é fundamental a sociedade brasileira entrar em contato com os Senadores e Deputados Federais e exigir que as grandes fortunas e os muito ricos sejam taxados e contribuam definitivamente com a distribuição de renda no Brasil e o desenvolvimento geral da nação.

“Se há justiça, não há revolta!”, diz Francisco Sales Gabriel Fernandes, o Chico, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Mococa e região e vice-presidente da Federação dos Metalúrgicos do Estado de SP.

Vale destacar que 42 bilionários brasileiros aumentaram recentemente suas fortunas em 34 bilhões e, do outro lado, neste período da pandemia, ocorreram o fechamento de muitos negócios, lojas e empresas e aumentaram tragicamente o desemprego, a subocupação, o desalento de quem nem sequer procura mais uma vaga no mercado de trabalho, a pobreza e a miséria.

Chico do Sindicato lembra que a tributação começa em salários de R$ 1.900 reais, o que é uma tremenda injustiça pois salário não é renda, “é um meio de subsistência”. Para ele, a classe média também não pode ser penalizada.

A tabela do imposto de renda, que há vinte anos continua “imexível”, está defasada em mais de 50%.

“Temos que mexer nesta tabela urgentemente. Temos que taxar os ricos e as fortunas. Temos que valorizar os setores produtivos que geram emprego, trabalho decente e salários dignos. Se isso não ocorrer na reforma tributária, estaremos perdendo uma grande oportunidade de mudar a realidade social e econômica do Brasil. Vamos dialogar com os parlamentares e exigir a Justiça Tributária, já!”, finaliza Chico do Sindicato.

Deixe um comentário