Mococa, 04 de Dezembro de 2022



Contribuir é preciso!

 Contribuir é preciso!

Recente pesquisa do Datafolha mostra que a percepção da população sobre os Sindicatos melhorou. Isto é muito bom para os Sindicatos atuantes, como o Sindicato dos Metalúrgicos de Mococa e Região, pois revela que mesmo diante da destruidora reforma trabalhista de Temer e da crise econômica acelerada pelo Bolsonaro, nós resistimos e continuamos defendendo os interesses da classe trabalhadora.

Neste sentido, vale também saudar a decisão da segunda turma do Tribunal Superior do Trabalho rejeitando um recurso do Ministério Público do Trabalho para que um sindicato de trabalhadores de Guarulhos e duas empresas do mesmo município “se abstivessem de incluir, em normas coletivas, cláusulas que prevejam contribuição das empresas ou dos sindicatos da categoria econômica em benefício do sindicato profissional”.

Concordamos com o TST, no entender que este tipo de vedação inibiria a celebração das convenções e dos acordos coletivos de trabalho e seria uma afronta ao princípio constitucional da liberdade sindical. Vale lembrar que em breve lançaremos a nossa campanha salarial e a chamada taxa negocial, prevista há anos em nossas convenções e acordos coletivos, é fundamental para os sindicatos manterem suas estruturas de luta, inclusive jurídicas em defesa dos direitos da categoria metalúrgica, e investirem em ações e amplos benefícios sociais.

Nos países desenvolvidos, da Europa, por exemplo, é muito comum a contribuição patronal/empresarial aos sindicatos de trabalhadores para a realização destas ações, sem interferência da liberdade de ação sindical. Precisamos de no Brasil parar os preconceitos, as fakenews e a injusta perseguição aos sindicatos atuantes, pois somos fundamentais para a retomada do desenvolvimento produtivo e econômico e para conquistar mais poder de compra para os salários dos trabalhadores e trabalhadoras.

Francisco Sales, o Chico
Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Mococa e Região e vice-presidente da Federação dos Metalúrgicos do Estado de SP

Deixe um comentário