Mococa, 21 de Setembro de 2017



Campanha Salarial 2015

camp sal00 Campanha Salarial 2015
Realizando Assembleias nas Empresas de sua base durante toda a semana, o Sindicato deu início a Campanha Salarial deste ano.

“São muitos os desafios para nós trabalhadores diante de um cenário econômico tão desfavorável. Com o apoio de nossa Federação, vamos lutar para, além do aumento real, garantirmos a reposição das perdas inflacionárias que, segundo o IBGE, através do INPC e do Banco Central, poderão chegar aos 10%, só no período de 1º de novembro de 2014 a 31 de outubro de 2015. Porém, não será fácil. De um lado, classe patronal tem fortes argumentos baseados na grave crise econômica. De outro, os trabalhadores também tem suas justificativas com relação à desvalorização do seu poder de compra.” afirmou o Presidente Chico do Sindicato durante a Assembleia.

Para o Presidente, existem outras cláusulas sociais tão importantes quanto o aumento salarial e que devem ser mantidas. Dentre elas, a garantia de emprego ao trabalhador que está em vias de aposentadoria, garantias as gestantes, políticas de segurança no local de trabalho, dentre outras que somam cerca de 175 itens contidos na Pauta de Reivindicações e que já está sendo discutida e aprovada pela categoria profissional dos metalúrgicos.

camp sal01 Campanha Salarial 2015

Vanguardismo paulista

Os metalúrgicos do Estado de São Paulo tem conseguido, através dos esforços de sua Federação, garantir, ano a ano, pelo menos a reposição das perdas causadas pela inflação.
Em alguns Estados onde a reposição dessas perdas é menor que o índice da inflação, as negociações vão sendo exauridas através anos, devido ao acúmulo das perdas anteriores.

Foi isso que o Presidente Chico explicou aos companheiros durante todas as Assembleias: “A conta é a seguinte – se uma categoria consegue 3% de reposição num período em que o índice da inflação foi de 9%, dificilmente, no ano seguinte, essa perda vai ser ressarcida. Pois se no ano consecutivo o mesmo índice inflacionário for mantido, deveriam ser somados os mesmos 9% acrescidos dos 6% perdidos no ano anterior, totalizando 12%, algo que dificilmente pode ser conquistado de uma só vez.”
Assim, é de suma importância, em toda a data-base da categoria, não deixar de repor a perda do poder aquisitivo dos salários, corroído pela inflação.

MOTE01 Campanha Salarial 2015

Comentários não permitidos.

Deixe um comentário